terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Sinto muito, mas preciso falar

Último Encontro

Com frequência meu coração amanhece exalando um intenso desejo de encontrar um lugar tranquilo onde eu possa olhar para o céu, o mar e ficar interagindo com a natureza. Minha alma me traz à lembrança um local que considero exótico e belo desde criança: A Ponte Metálica, conhecida como a Ponte dos Ingleses, na Praia de Iracema .Ela é especial. Desde pequenininho eu a visitava em sua solidão, de manhãzinha, quando os banhistas ainda não tinham chegado pra tirar o sossego da ponte e da praia. Em minha última visita, numa bela manhã de dezembro, fiquei cara a cara com o mar. Sentei-me sobre a gélida areia, ainda intocada àquela hora da manhã. Olhei o horizonte, lá longe, quantos mistérios... Como eu gostaria de desvendá-los! As ondas beijavam suavemente a areia como se quisesse acariciá-la. Sob a ação de todo aquele ambiente deslumbrante, pensamentos novos tomaram de conta da mente da minha alma. Pensei no último encontro de nossas vidas. Qual seria?Seria com o precioso Amor com o qual sempre sonhamos e nunca o alcançamos? Não,infelizmentre não é. É com algo que sempre nos traz medo e incertezas,pois sabemos que não estamos preparados para esse nosso último encontro. Jesus falando sobre a necessidade de preparação para a vida após esse último encontro disse:- “De que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?"
Concluiu-se que tudo pelo qual lutamos a vida toda: sucesso profissional, reconhecimento, graduação, poder, riquezas e outras coisas que julgamos indispensáveis ficam restritas ao mundo temporal, físico. Vida de qualidade após a fronteira da morte requer “ensinamentos” do Céu. O máximo que conseguimos viver são oitenta ou noventa anos,isto se tivermos saúde física e psicológica,daí a preocupação do Mestre em conscientizar as pessoas sobre a urgente necessidade desta preparação,aliás todo o seu Ministério foi centrado nesse objetivo.Tudo fica mais grave quando percebemos que o último encontro não é marcado por nós e não podemos modificar a rota desse encontro inevitável. Bem que eu gostaria de ser eterno aqui mesmo, neste sofrido e pequenino planetinha azul, como o céu e o mar que meus olhos agora perscrutam, mas não posso. Ninguém pode. Só há uma saída: investir, aqui mesmo na Terra, na vida após a morte, assim, o último encontro de nossa vida deixará de ser medonho e doloroso.
Ouço gritos. Já passam das oito. Os banhistas começam a chegar, quebrando o silêncio do lugar. O sol já “está alto”. Imerso em meus pensamentos em nem houvera percebido a chegada dele.
Antes do meu último encontro,(que não sei quando ocorrerá) preciso marcar outros encontros com a natureza. Preciso aproveitar o curto espaço de tempo que tenho por aqui, naTerra, pois a visitamos apenas uma vez. E por pouco tempo..
Marcos Antonio Vasco Rodrigues.Esta obra está registrada e licenciada. Você pode copiá-la, distribuí-la, exibi-la, executá-la desde que seja citado o autor original. Não é permitido fazer uso comercial desta obra.Publicado em: 19/01/2010

8 comentários:

Gislene disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gislene disse...

Oi marcos quero desde já postar meu comentario no seu blog!!!
expor o quanto adorei visitar sua pagina.
Lhe desejo muito sucesso bjs Gi...

Anninha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anninha disse...

Olá! amigo do meu coração
fazendo uma visitinha aqui neste
cantinho lindo...
Já te falei que aprecio muuuito o seu trabalho?
Te desejo SORTE
Te desejo SUCESSO
Fica com Deus!
Bjokinhas no TUM TUM TUM

Escritas em Poesias disse...

"Último Encontro"
Mais um textos para leitura e reflexão...
Parabéns Marcos,seus textos sempre nos trazem algum ensinamento e esse tipo de leitura é muito gratificante!

Que Deus continue te iluminando e inspirando! Beijos!

Eliene disse...

Bom dia Marcos..
Gostei demais dos seus textos...
Me fez parar e pensar de novo sobre o ultimo encontro, sobre a vida, sobre tudo...
Estarei aqui sempre pra ler os textos
e refletir..
beijos
Li = Eliene

cely disse...

Olá Marcos,vim postar meu comentário no seu blog.
Gostei imensamente amigo, peço ao papai do céu que abençoe você, para que plante sempre sementes de otimismo e de amor, para colher amanhã os frutos da alegria e da felicidade.
Fica com DEUS e
boa sorte amigo.
Bejs no♥

dulce disse...

Oi Professor,adoro ver ,ler ,refletir e comentar vc es muitissimo inteligente ta de parabens viu? abços ;Dulce